Retorno às atividades do G.E. Arno Friedrich 43/RS

Retornamos nossas atividades presenciais em 11/09, no mesmo dia em que fizemos o tradicional Carreteiro Farroupilha, que abre as festividades da Semana Farroupilha no Lindóia Tênis Clube.

Nossa retomada está sendo em ondas. Na primeira, tivemos o prazer de recepcionar os pioneiros e pioneiras do Clã Viking, com a participação de 6 jovens e 3 mestres, e mais um membro da Comissão Interna de COVID-19, além de um dos nossos Diretores de Métodos, completando então a participação presencial de 11 pessoas.

Neste primeiro momento, com esta quantidade reduzida de pessoas, foi possível identificar as falhas no processo, pensando em mais jovens participando.

Nossa segunda onda foi em 25/09, quando contamos presencialmente com a participação dos jovens da Tropa Sênior também. Neste dia, tivemos o acréscimo de mais 7 jovens sêniores e guias.

Nossa terceira onda contou com a participação dos escoteiros da Tropa Lindóia e foi no dia 02/10. Neste sábado, as outras seções optaram por atividades virtuais, mas não reduziu em nada a expectativa de receber os escoteiros e escoteiras com 13 jovens e 3 chefes (e mais 2 membros da comissão interna do Covid-19).

Em todas as atividades fizemos avaliações com os jovens e chefes, e foi possível perceber que estabelecer este contato entre eles, com atividades ao ar livre, com mais pessoas é essencial para o desenvolvimento físico e intelectual dos jovens. Todos os relatos foram positivos, alguns ainda lastimam que a participação ainda está com pouca adesão, mas reforçamos que devemos respeitar o tempo de cada um.

Em geral estamos contentes com o importante passo que foi dado. Esta retomada é muito necessária, mesmo que alguns jovens e chefes não estejam confortáveis ou seguros em retornar, é importante dispor da possibilidade de retomada para os que estão, mantendo o vínculo virtual com a participação de todos, para que nenhum jovem fique com sua progressão prejudicada, e se tem um ponto de atenção é este. Os jovens que retornaram não têm mais o interesse pelas atividades virtuais. Reforçamos em todas as bandeiras finais, desde a primeira no dia 11/09, e infelizmente não percebemos mais adesão às atividades online.

Parte da chefia foi perdida neste período afastado. Este momento de reconstrução é tão individual quanto coletivo. Quem conseguiu se manter ativo está sobrecarregado, emocionalmente desgastado, pois acompanhar suas seções ruirem com o afastamento gradativo dos jovens é muito triste e totalmente avassalador para um chefe que também precisa se reestruturar, se reinventar e se adaptar.

Hoje o Grupo Escoteiro Arno Friedrich junta as peças que restaram e tem muita esperança na retomada.






#EscoteirosRS #RetornoasAtividades

81 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo