Em caso de necessidade utilize o

Fale Diversidades ou o Canal de Denúncias

dos Escoteiros do Brasil - Rio Grande do Sul

Escoteiros do Brasil - Rio Grande do Sul

Rua Castro Alves, 398 - Bairro Rio Branco

CEP 90430-130 - Porto Alegre - RS

(51) 3330-9784 - (51) 3332-3127

comunicacao@escoteirosrs.org.br

Segunda à sexta 8h15 às 18h

  • Facebook - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle

Grupo de Escoteiros Laçador faz ações junto à comunidade da CB

30.5.2018

Respeito ao próximo. Disciplina. Civismo. Regras. Atividades. Jogos. Mudança de conduta. São alguns dos objetivos do Grupo Escoteiro Laçador, localizado no Colégio La Salle Pão dos Pobres. Atendendo a crianças e jovens com idade entre 6 anos e meio e 21 anos, o grupo busca ser agente de transformação social.

  

Presidente do Laçador, Marcelo Sanábio, conta que a turma foi criada, em 2016, para resgatar o movimento escoteiro. “Queríamos que crianças menos favorecidas tivessem acesso às atividades, trazendo o jovem para uma nova perspectiva de vida.” Para Marcelo, a escolha da Fundação Pão dos Pobres acabou sendo algo natural. “Conseguimos atingir o público mais carente da nossa região, na Cidade Baixa. Montamos a parceria com a fundação O Pão dos Pobres e, depois, com o Colégio La Salle.

 

Quem quiser fazer parte do grupo deve comparecer a um dos encontros de sábado, a partir das 13h, e conversar com os chefes. São divididos por faixa etária: lobinhos – de seis a 11 anos; escoteiros – de 11 a 15 anos; sênior – de 15 a 18 anos; e pioneiros – de 18 a 21 anos. “Trabalhamos regras e boa conduta. O jovem interessado tem quatro sábados para verificar se gosta realmente da atividade”, informa a chefe-escoteira Patrícia Sanábio. Para ela, o importante é a criança querer ser escoteira.

 

Educação

O presidente afirma que muitas transformações são visíveis nas quase 50 crianças que participam do projeto. “A área pedagógica da escola constantemente nos repassa a mudança de comportamento desses jovens dentro de sala de aula, para com os professores e colegas. Os pais também trazem relatos de melhoria no comportamento com os irmãos e principalmente com o estudo.” Para o presidente, os jovens desenvolvem-se de uma forma muito positiva. “Estamos nos tornando um braço educativo da Instituição La Salle. A nossa participação com os jovens é proporcional ao número de chefes. Hoje, temos capacidade para chegar a 75 integrantes.”

 

Vizinhança na Calçada

No evento da Vizinhança na Calçada de maio, o grupo marcou presença. Cinco alunos e chefes escoteiros montaram uma falsa baiana. As crianças que vieram à festa se divertiram, experimentando atravessar o espaço entre duas árvores pelas cordas. Os jovens integrantes do Laçador também jogaram e interagiram nas atividades disponíveis no encontro entre vizinhos dos 19 bairros que compõem a região Centro de Porto Alegre (veja na galeria de fotos). De acordo com Marcelo, o grupo é voltado para atuar principalmente com a comunidade do entorno. “Nossos jovens devem participar de ações e serem instrumentos ativos da mudança”, afirma.

  

1/4

 

 

Assuntos:

Compartilhar
Compartilhar
Please reload

Please reload