Em caso de necessidade utilize o

Fale Diversidades ou o Canal de Denúncias

dos Escoteiros do Brasil - Rio Grande do Sul

Escoteiros do Brasil - Rio Grande do Sul

Rua Castro Alves, 398 - Bairro Rio Branco

CEP 90430-130 - Porto Alegre - RS

(51) 3330-9784 - (51) 3332-3127

comunicacao@escoteirosrs.org.br

Segunda à sexta 8h15 às 18h

  • Facebook - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle

O Movimento Escoteiro foi fundado em 1907, na Inglaterra, por Robert Baden-Powell, condecorado militar britânico e autor do livro Escotismo para Rapazes. O livro que é considerado o pontapé inicial ao surgimento do Movimento Escoteiro e por décadas influenciou grupos de adolescentes por todo o planeta que formaram as primeiras Tropas Escoteiras. Inspirado por valores como cidadania, honra, civismo e altruísmo, Baden-Powell escolheu o Cavaleiro São Jorge como padroeiro dos escoteiros. Motivo este que leva à data de 23 de abril como a escolhida para a comemoração do Dia do Escoteiro, dia de São Jorge.

 

O que iniciou como uma proposta de atividades ao ar livre para grupos de jovens na Inglaterra do início do século vinte, hoje segue em constante atualização ao mundo em que vivemos, com foco principal no protagonismo e no envolvimento juvenil. Através de um programa educativo baseado em uma Lei e na Promessa Escoteira, o escotismo foi, e ainda é, um dos maiores movimentos de educação não formal para jovens do mundo.

 

O escotismo pode ser considerado como um grande jogo ao ar livre, onde os jovens dividem-se em pequenos grupos, as patrulhas, e desenvolvem diversas atividades que lhes dão a oportunidade de desenvolver habilidades e conhecimentos. São acampamentos, jornadas, trilhas, aventuras e desafios em grupo que a cada dia os tornam mais empoderados e cientes das suas responsabilidades, tornando-os cidadãos ativos dentro e fora do escotismo.

 

No Brasil pretende-se alcançar 200 mil escoteiros até 2023, 20 mil no Rio Grande do Sul, tornando o escotismo o mais relevante movimento de educação juvenil no país, inspirando mudanças positivas através dos jovens em suas comunidades e no mundo.

 

No Rio Grande do Sul já são 13 mil associados, destes, 3 mil são adultos voluntários que dedicam seu tempo em prol da educação e formação de quase 10 mil jovens de 6,5 a 21 anos. Ao longo de mais de um século de história, o escotismo está presente em 22% dos municípios gaúchos, 109 ao total, com atividades em 202 Unidades Escoteiras Locais.

A Estratégia Mundial do Movimento Escoteiro define hoje entre as suas prioridades o Engajamento Juvenil e a Diversidade e a Inclusão. No Rio Grande do Sul não é diferente, o trabalho realizado por todos os voluntários caminha alinhado a esta visão mundial de protagonismo juvenil e na construção de um mundo melhor.