Em caso de necessidade utilize o

Fale Diversidades ou o Canal de Denúncias

dos Escoteiros do Brasil - Rio Grande do Sul

Escoteiros do Brasil - Rio Grande do Sul

Rua Castro Alves, 398 - Bairro Rio Branco

CEP 90430-130 - Porto Alegre - RS

(51) 3330-9784 - (51) 3332-3127

comunicacao@escoteirosrs.org.br

Segunda à sexta 8h15 às 18h

  • Facebook - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle

Entre os 6,5 e os 10 anos, somos lobinhos. Aprendemos muito sobre a vida em meio à natureza, a viver em grupo e desenvolvemos nossa liderança. “O livro da Jângal”, que retrata as aventuras de Mowgli, o menino lobo, é o que inspira a organização do Ramo Lobinho – juntos, formamos uma alcateia, que é dividida em pequenos grupos chamados matilhas. Cada matilha tem de quatro a seis lobinhos, entre meninos e meninas, e esse grupo nos acompanha durante todo o período em que ficamos nesse Ramo. Com esses amigos, fazemos jogos, brincadeiras, vivemos aventuras, aprendemos sobre a importância da boa ação diária e ainda somos incentivamos a fazer sempre o nosso Melhor Possível; esse inclusive é o nosso lema.

 

Temos nossa própria lei, a Lei do Lobinho, que traz cinco artigos:

- O Lobinho ouve sempre os Velhos Lobos;

- O Lobinho pensa primeiro no outros;

- O Lobinho abre os olhos e os ouvidos;

- O lobinho é limpo e está sempre alegre;

- O Lobinho diz sempre a verdade.

 

Antes que possamos completar 11 anos, somos encaminhados para o Ramo Escoteiro. Nesse período, é feita uma Cerimônia de Passagem para que possamos nos despedir da alcateia.

 

Caminho da Jângal

O mapa de progressão é uma forma de ajudar você a conquistar o Cruzeiro do Sul, o distintivo mais importante do seu Ramo! Como lobinho, você tem muitas responsabilidades, mas também muita diversão pela frente. Para deixar essa caminhada mais fácil, o mapa de progressão do Ramo Lobinho pode ser usado para marcar todo o seu crescimento. A partir de sua entrada na alcateia, o Akelá vai acompanhar seu desenvolvimento, dando uma ajudinha sempre que você precisar. Ao aprender tarefas simples, que são feitas no nosso dia a dia, você mostra que consegue se cuidar e que sabe o quanto é importante cada um fazer a sua parte.

 

Para chegar ao Cruzeiro do Sul, há um caminho que você precisa seguir – para cada item que você completar, um sinalzinho deve ser feito no mapa. Isso vai ajudar você e o Akelá a lembrar de todos os detalhes de sua jornada. Além disso, você precisa conquistar cinco especialidades, uma Insígnia de Interesse Especial, participar de três acampamentos ou acantonamentos e ir na maioria dos sábados de atividade no seu grupo escoteiro. Mãos à obra lobinho!