Curso Técnico incentiva a Inclusão no Movimento Escoteiro


Diversidade e Inclusão são uma das seis prioridades mundiais do Movimento Escoteiro. E é pensando globalmente e agindo localmente que os Escoteiros do Brasil Região do Rio Grande do Sul contam com as Equipes Regionais de Diversidades e de Inclusão e Acessibilidade. No final de semana de 29 e 30 de julho, em Flores da Cunha, na sede do Grupo Escoteiro Alberto Mattioni, foi realizado mais uma edição do Curso Técnico de Inclusão e Acessibilidade.

O objetivo do curso foi promover a formação continuada dos adultos no que tange ao conhecimento de inclusão e acessibilidade. Segundo o Coordenador da Equipe Regional de Inclusão e Acessibilidade, Raphael Cavalcante, “nós somos todos iguais, porém diferentes nas nossas necessidades. A maior barreira que a gente enfrenta hoje é o preconceito, quebrar o preconceito do chefe, quebrar o preconceito do teu dirigente e fazer com que ele entenda que ao aplicar o programa de jovens e o método escoteiro por sua natureza já inclusivo então aplicar aquilo ali você não está fazendo nada diferente do que aplicar escotismo”.