Escoteiros gaúchos se preparam para participar de acampamento mundial


Jovens e adultos de todo o Brasil participarão, de 22 de julho a 2 de agosto do 24° Jamboree Mundial Escoteiro (World Scout Jamboree), que acontece na Summit Bechtel Reserve, em West Virginia, nos Estados Unidos. Cerca de 1200 brasileiros participarão da atividade, sendo o maior contingente brasileiro a participar de um Jamboree Mundial na história. Do Rio Grande do Sul são quase 200 participantes, entre jovens e adultos. Os jovens irão se dividir em grupos de nove participantes e juntos irão participar de todas as atividades de intercâmbio cultural com os demais escoteiros de todo o mundo.

São 1117 jovens entre 14 a 17 anos completos, 152 adultos que comporão a Equipe de Serviço Internacional, 127 adultos escotistas e 47 membros da equipe de suporte ao contingente brasileiro. Para Lidia Ikuta, coordenadora do Contingente Brasileiro, a participação no Jamboree Mundial é uma oportunidade única para os jovens, que além de participarem de grandes atividades, realizam um intercâmbio cultural com escoteiros de todo o mundo: “O Jamboree Mundial é, acima de tudo, um evento educacional que reúne os jovens do mundo para promover a paz e a compreensão mútua e para desenvolver habilidades de liderança, que serão levadas para toda a vida”, aponta Ikuta.

O Jamboree contará com diversas atividades educacionais e de aventura ao ar livre. Participam do evento jovens de 14 a 17 anos que têm o desafio e o intercâmbio com novas culturas como objetivos do programa educativo do Movimento Escoteiro. Ancorado sob o tema “Descobrindo um Novo Mundo”, o evento convida a todos para novas aventuras, novas culturas e novas amizades. O tema foi originalmente concebido por representantes de jovens dos três países anfitriões (Estados Unidos, Canadá e México), buscando manter-se fiel às tradições de conservação e atividades ao ar livre, um jamboree no Novo Mundo é um jamboree que abraça a crescente tendência de desenvolvimento de liderança e cidadania global que nosso movimento tem cultivado.

Para Mariana Bortolan, do Grupo Escoteiro Moacara, de Caxias do Sul, os momentos que antecedem o Jamboree são de muita ansiedade: "Tenho certeza que será uma experiência incrível e que levarei os ensinamentos para toda a minha vida. Espero conhecer pessoas de todos os países e participar do maior número de atividades possíveis", disse a jovem que integra a Tropa Minuano. O Jamboree acontece a cada quatro anos em um país diferente, para acompanhar participação dos brasileiros a cobertura será feita pelas redes sociais oficiais dos Escoteiros do Brasil.

#JamboreeMundial

84 visualizações
  • Branca Ícone do Flickr
  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Twitter Ícone
  • Branco Facebook Ícone

2020 Escoteiros do Brasil - Rio Grande do Sul